Atualidade

Vila Franca de Xira equipada com duas moto4 para socorro no passeio ribeirinho (C/ÁUDIO

A Proteção Civil de Vila Franca de Xira foi equipada com duas moto4, num investimento superior a 80 mil euros que irá aumentar a eficácia do socorro no passeio ribeirinho que liga aquele concelho ao de Loures.

As duas moto4 foram adquiridas pelo município de Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa, “todas equipadas para socorro em todo o tipo de terreno, nomeadamente para os caminhos, ribeirinhos e para os trilhos de BTT e trilhos de caminhada que existem também nas zonas mais rurais do concelho”, disse hoje à agência Lusa o presidente da autarquia, Fernando Paulo Ferreira (PS).

A par com o investimento, superior a 80 mil euros, a Câmara assinou, na quinta-feira, um protocolo de colaboração com as seis corporações de bombeiros do concelho “para que todas elas fiquem habilitadas a partilhar estes equipamentos”, afirmou o presidente, especificando que o objetivo será “acompanharem o que são os grandes eventos, nomeadamente os grandes eventos desportivos em que a prova passa por zonas de difícil acesso para outro tipo de veículos” como, por exemplo, a Corrida das Lezírias.

Preparadas para auxiliar no socorro e resgate em qualquer tipo de terreno, os dois veículos são geridos pelo Serviço Municipal de Proteção Civil, sendo que uma das moto4 fica sediada nos Bombeiros da Póvoa de Santa Iria e a outra nos Bombeiros de Vila Franca de Xira.

Em caso de necessidade, qualquer Corpo de Bombeiros do Concelho pode articular a utilização dos veículos com a Proteção Civil Municipal para atuação seja no Passeio Ribeirinho ou, pelas suas valências, no apoio a eventos ou a provas desportivas.

Segundo Fernando Paulo Ferreira, estas localizações “permitem cobrir as zonas norte e sul do concelho” e depois, “para eventos específicos, elas são deslocadas para o local onde estes se realizam”.
Em comunicado, a autarquia informou hoje que as duas moto4 estão apetrechadas com equipamento básico, nomeadamente “maca cesto e de vácuo, plano duro e DAE – Desfibrilhador Automático Externo, que poderá ser complementado no teatro de operações através dos meios existentes nas ambulâncias, no sentido de apoiar e facilitar o trabalho realizado pelas equipas de bombeiros, no socorro e resgate”.

Cada veículo pode transportar até três tripulantes, além da vítima socorrida.
“É um investimento que ultrapassa os 80 mil euros, mas que tem esta grande vantagem de ser partilhado por toda por toda a estrutura da proteção civil do concelho de Vila Franca”, vincou o autarca, adiantando que, no âmbito do reforço operacional em curso, no próximo mês irão ser entregues à Polícia de Segurança Pública “bicicletas elétricas para poderem aumentar o nível de policiamento e resposta nos caminhos ribeirinhos” do concelho de Vila Franca.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Botão Voltar ao Topo
Fechar

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.